Caixa se reúne com prefeitos e técnicos para orientar sobre novas regras nos repasses da União

Caixa se reúne com prefeitos e técnicos para orientar sobre novas regras nos repasses da União

Juliana Braga

21 de outubro de 2019 | 10h42

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

[veja_tambem]

A Caixa começa nesta segunda-feira, 21, uma série de 72 reuniões com prefeitos e técnicos do País para orientar a respeito das mudanças a respeito dos repasses da União aos Estados e municípios – o banco é intermediário nessas operações.

Como a Coluna noticiou, a um ano das eleições municipais, o ministério da Economia apresentou uma série de medidas para desburocratizar essas operações, atendendo a um pedido dos prefeitos. Uma das principais foi a redução da taxa cobrada pela Caixa para, no máximo, 4,5% (hoje gira em torno de 11%).

A esvazia uma PEC que tramita na Câmara (nº48), já aprovada no Senado, que prevê tirar a Caixa como intermediária no repasse de recursos da União. O apelido no Congresso para a proposta é PEC dos sonhos dos Prefeitos, queixosos da burocracia do procedimento do banco público.

As mudanças nos repasses foram elaboradas em conjunto pela Caixa, a Controladoria-Geral da União e o Ministério da Economia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: