Briga com Geddel foi gota d’água para Calero pedir demissão da Cultura

Luiza Pollo

19 de novembro de 2016 | 06h15

marcelo calero

Marcelo Calero considerou a gota d’água a briga com o ministro Geddel Vieira para sua decisão de deixar o Ministério da Cultura. Mas a relação com o ministro Eliseu Padilha também estava muito desgastada. Calero reclamou de interferência na pasta.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.