Bônus prometido por chefe da Receita não sai e clima no órgão piora

Bônus prometido por chefe da Receita não sai e clima no órgão piora

Coluna do Estadão

05 de julho de 2022 | 05h00

Auditores da Receita esperaram até ontem, data-limite da lei eleitoral, pelo bônus prometido pelo secretário Júlio César Gomes com o aval de Jair Bolsonaro. O benefício não saiu. A demora no pagamento já havia provocado uma enxurrada de entrega de cargos de chefia.

Foto: Dida Sampaio/Estadão

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.