Bolsonaro se aproxima da ‘linha vermelha’, e Lula joga sem marcação

Bolsonaro se aproxima da ‘linha vermelha’, e Lula joga sem marcação

Alberto Bombig

27 de junho de 2021 | 02h00

A mais recente pesquisa Ipec suscitou duas impressões entre a classe política: 1) Jair Bolsonaro está próximo de atravessar o Rubicão da rejeição e enfrentar uma sangria desatada de perda de popularidade: o índice de desaprovação ao governo bateu 49% (a “linha vermelha” do derretimento, segundo “pesquiseiros”, é de 55%). 2) Lula volta a ser vidraça e começará a “apanhar” de outros atores que não sejam apenas o presidente e Ciro Gomes (PDT): se o petista ficar sem marcação, continuará a transformar a insatisfação geral em intenção de voto.

Viés… Quem lida com as chamadas pesquisas qualitativas diz que os 49% de intenções de voto em Lula estão um pouco inflados pelo “recall” eleitoral e pela percepção de que ele é o único antagonista de Bolsonaro em campanha aberta.

…de alta. Na outra ponta, cresceu o “ódio” a Bolsonaro, ou seja, há mais gente naquela turma que transferiu para o fígado a responsabilidade pela escolha de seu candidato. A ordem de grandeza está perto de 20%, segundo as pesquisas.

Vai… O apoio a Jair Bolsonaro recuou pelo segundo mês consecutivo nas redes sociais. Em junho, até o dia 24, era de 19,2%, segundo levantamento da .MAP, agência de inteligência em análise de dados e mídia, a partir da análise diária de amostra de 1,1 milhão de posts nas redes sociais.

…mal. Em abril, o apoio a Bolsonaro nas redes sociais era de 36,7% e, em maio, caiu para 25,8%. É o menor apoio ao presidente desde março, quando fechou em 11,4%.

O que é… Jair Bolsonaro, Eduardo Pazuello e Marcelo Queiroga podem pedir música no Fantástico (TV Globo) deste domingo, 27? O presidente tomou três traulitadas na “rodada” da semana passada: Lula vitorioso no STF, caso Covaxin na CPI da Covid e a demissão de Ricardo Salles.

 

SINAIS PARTICULARES
Jair Bolsonaro, presidente da República

…isso, rapaz? O atual ministro da Saúde e seu antecessor caminham céleres para o terceiro depoimento na CPI. Quem “marca” três, pede música.

Mundo… Simone Tebet, lançada semana passada como candidata do MDB a presidente, foi o grande destaque positivo do depoimento dos irmãos Miranda à CPI da Covid no Senado.

…gira. Para o cientista político José Augusto Guilhon, a senadora “é íntegra, jovial, moderada, mas aguerrida, competente, e foi traída por todos os lados na eleição para a presidência do Senado”. Ele acha que o MDB tem grandes chances de se redimir desse erro.

CLICK. Antes da fama e de lacrar politicamente nas redes sociais, Gil do Vigor (no cantinho à esq.) fez campanha com João Campos (no canto à dir.) para Paulo Câmara (PSB) em Pernambuco.

Ele… Tem ministro chateado com a demissão de Ricardo Salles do Meio Ambiente. Ele não deixou saudades, mas, sim, uma pontinha de inveja porque passou pelo do gabinete presidencial para se despedir e saiu de lá com a indicação do sucessor já pronta para o Diário Oficial…

…tem poder. O governo perdeu a oportunidade de indicar um senador para um ministério, demanda antiga de quem lida com a base de apoio. Seria em boa hora, especialmente em tempos de CPI da Covid…

PRONTO, FALEI!

Janaina Paschoal, deputada estadual (PSL-SP)

Goste-se, ou não, de Luís Miranda, os fatos narrados precisam ser apurados minuciosa e tecnicamente. Eventuais interesses envolvidos não importam. Só importam os fatos!

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E MARIANNA HOLANDA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.