Bolsonaro herdará plano para privatizar parques

Bolsonaro herdará plano para privatizar parques

Coluna do Estadão

18 Novembro 2018 | 05h30

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Foto: Felipe Mortara/Estadão

O governo de Michel Temer entregará à equipe de transição de Jair Bolsonaro um plano para privatizar nove parques nacionais. A ideia é aliar a preservação ambiental ao turismo. Hoje, das 324 unidades de conservação no País, só 53 estão abertas à visitação. As quatro já concedidas à iniciativa privada são responsáveis por 60% do ecoturismo no Brasil. Nos Estados Unidos, os parques recebem, em média, 300 milhões de pessoas por ano e faturam R$ 60 bilhões. Por aqui, em 2017, foram 10,7 milhões de turistas, com faturamento de R$ 2 bilhões.

A lista. Entre os parques nacionais que podem ser privatizados por 20 anos, em média, estão a Serra da Canastra, a Chapada dos Guimarães, os Lençóis Maranhenses e o Parque Nacional de Jericoacoara.

Na dianteira. O estudo que Bolsonaro receberá é uma continuação do programa já iniciado na gestão Temer. Até o final do ano, o ministro Vinicius Lummertz (Turismo) deve concluir a concessão da Chapada dos Veadeiros (GO) e do parque Pau Brasil (BA).

No bolso. Pelos cálculos do governo, o plano deve render R$ 140 milhões em outorgas e R$ 153 milhões em investimentos privados.

Tour palaciano. As primeiras-damas da República têm encontro no Palácio da Alvorada na quarta-feira. A atual, Marcela Temer, vai levar a futura, Michelle Bolsonaro, para conhecer a residência oficial do presidente.

Pre-pa-ra. O Conselho de Ética do PSDB convocou reunião, na quarta-feira, para analisar o pedido de afastamento do tucano Alberto Goldman do partido por apoiar Paulo Skaf (MDB). Na quinta, Goldman e João Doria se encontram na Executiva, em Brasília.

Uma tecla só. À frente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho aproveitou a agenda com o presidente em exercício, Rodrigo Maia, no Planalto, para pedir a sanção do reajuste da magistratura. Temer decide se veta ou não até o dia 28.

Bênção. Antes de convidar Sarney Filho para ser secretário de Meio Ambiente do DF, o governador eleito, Ibaneis Rocha, ouviu o ex-presidente José Sarney.

#ficaadica. O entorno de Jair Bolsonaro enviou sinais ao Congresso de que não vai ficar refém de pautas bombas. Não está descartada a revisão de propostas aprovadas no apagar das luzes. Medidas provisórias e empréstimos do BNDES estão na mira de eventual pente-fino do novo governo.

Esperado. No BNDES, que ficará sob o comando de Joaquim Levy, técnicos aguardam uma revisão nas decisões mais recentes. A assessoria do banco diz que as informações, o presidente, Dyogo Oliveira, e os diretores estão à disposição.

SINAIS PARTICULARES. Joaquim Levy, futuro presidente do BNDES; por Kleber Sales.

CLICK. Um dos coordenadores da Lava Jato, o procurador da República, Deltan Dallagnol, publicou o número de pessoas acusadas pela operação em Curitiba: 347.

Reprodução/Instagram Deltan Dellagnol

Novos aposentos. Eleitos deputados federais, os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) terão gabinetes especiais na Câmara. Ambos têm prioridade na escolha dos espaços. Ele, por ter presidido a Casa, e ela, por ser mulher.

Eleita. Marina Silva (Rede) levou a melhor contra Fernando Haddad (PT) na eleição para representar a 5ª turma de Administração Pública da FGV-SP. Ela foi escolhida  patronesses deste ano. O ex-prefeito, que já foi patrono duas vezes, ficou com a vice.

A SEMANA

Terça-feira, 20

Bolsonaro se reúne com a procuradora-geral Raquel Dodge

Na mesma data, o presidente eleito se encontra com o ministro do Tribunal de Contas da União, Raimundo Carreiro

Quarta-feira, 21

Presidente do DEM, ACM Neto se reúne com Onyx Lorenzoni

Na ocasiões, os dois vão conversar sobre a possibilidade de o partido declarar apoio formal ao governo de Jair Bolsonaro.

COM NAIRA TRINDADE (editora interina) e REPORTAGEM DE JULIANA BRAGA E ADRIANA FERRAZ. 

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao