Bebê será indenizado por fratura após ser atendido por estudante

-

Luiza Pollo

25 de junho de 2016 | 05h30

Um bebê que teve fratura na área da clavícula após ser atendido na hora do parto por um estudante de medicina será indenizado em R$ 16 mil por danos morais. A ação foi ajuizada pela mãe e julgada procedente pela 2ª Vara Cível do município de Serra, no ES.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Decisão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: