Base governista lidera na maioria das capitais

Base governista lidera na maioria das capitais

Coluna do Estadão

02 de outubro de 2016 | 06h15

alckmin

Sinais Particulares, por Kleber Sales

 

 

A pulverização das forças políticas deverá marcar o primeiro turno das eleições. Segundo as pesquisas de intenção de voto, 14 partidos diferentes lideram a disputa pelas prefeituras das 26 capitais. Apesar dessa fragmentação, legendas que apoiam o presidente Michel Temer aparecem em primeiro lugar em 17 capitais, sendo cinco com o PSDB. A disputa, porém, deve acabar no primeiro turno apenas em cinco capitais. O governador Geraldo Alckmin amplia sua força na corrida presidencial como padrinho de João Doria, favorito em São Paulo.

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que acompanha o cenário político há 33 anos, calcula que o PSDB vai receber o maior número de votos nesta eleição, ultrapassando o PT, que em 2012 teve 17,2 milhões.

No último pleito, o PSDB fez 13,8 milhões de votos. Ficou em terceiro lugar, atrás do PT e do PMDB, com 16,7 milhões. A conta é simples. Quem receber mais votos sairá da disputa com maior expectativa de poder para a eleição de 2018.