Base de Temer tem meta de reverter 30 votos que iriam para Castro

-

Luísa Martins

13 de julho de 2016 | 11h29

A pedido do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, nomes fortes de Michel Temer estão tentando reverter pelo menos 30 votos que iriam para o deputado Marcelo Castro (PI), candidato do PMDB e ex-ministro da Saúde de Dilma Rousseff.

Um deles, atual ministro,  já conseguiu reverter 10, conforme apurou a Coluna.

Para isso, qualquer lugar é lugar. Por exemplo, a cerimônia de posse do novo presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Leonardo de Melo Gadelha, também foi cenário de articulações políticas sobre o futuro presidente da Câmara, que será eleito nesta quarta-feira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.