Bancada do PMDB já ameaça reformas

Bancada do PMDB já ameaça reformas

.

Luiza Pollo

04 de fevereiro de 2017 | 05h00

Foto: Adriano Machado/Reuters

Foto: Adriano Machado/Reuters

Para aprovar já no primeiro semestre deste ano as reformas Trabalhista e Previdenciária, o presidente Michel Temer vai precisar conter a ameaça de rebelião da bancada do PMDB na Câmara. Sem a Secretaria de Governo, que saiu das mãos de Geddel Vieira Lima para o tucano Antonio Imbassahy, o PMDB reclama por ter perdido espaço no governo para o PSDB, que já acumula cinco pastas. “Eliseu Padilha dizia que política se faz com verbo ou com verba e o PMDB está ficando sem os dois”, criticou um peemedebista, dando o tom da queixa.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

PMDB

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.