Aumenta especulação sobre renúncia de Cunha

Aumenta especulação sobre renúncia de Cunha

.

Daniel Carvalho

09 de junho de 2016 | 10h03

camara-deputados-DIDA-SAMPAIO-ESTADAO

Aumentou nas últimas horas a especulação sobre a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ao cargo de presidente da Câmara, do qual ele está afastado por decisão judicial há mais de um mês.

O comentário agora é de que Cunha renuncia até quarta-feira da semana que vem para tentar salvar o mandato de deputado.

Partidos se dividem entre dois nomes para presidente-tampão, que ficaria no cargo até fevereiro do ano que vem, quando é escolhido um presidente para o período de dois anos. As opções ventiladas atualmente são Rogério Rosso (PSD-DF) e Heráclito Fortes (PSB-PI).

Jovair Arantes (PTB-GO) seria o nome defendido para as eleições do próximo ano.

Eduardo Cunha nega que cogite renunciar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: