Auditores acionam Temer em tentativa de recompor orçamento da Receita

Auditores acionam Temer em tentativa de recompor orçamento da Receita

Camila Turtelli e Matheus Lara

20 de março de 2022 | 05h00

Em conversa com Michel Temer (MDB), auditores da Receita Federal pediram para o ex-presidente ser a ponte com o governo federal nas conversas sobre recompor o orçamento da autoridade tributária, alvo de cortes no governo de Jair Bolsonaro. Eles reclamam que os cortes podem “colapsar” a Receita a partir de junho e argumentaram que a recomposição é importante também para o ingresso do Brasil na OCDE. Foi justamente no governo Temer que o País formalizou a intenção de integrar a organização. Aos auditores, Temer afirmou que fará a demanda chegar ao Planalto e disse que não se pode negligenciar com a administração tributária sob o risco de a candidatura do País naufragar.

AÇÃO. “Considero importante para o interesse do País a participação do Brasil na OCDE e a necessidade de se levar adiante essa candidatura”, disse Temer a representantes da Unafisco.

AQUELE SONHO… Após seguidas polêmicas e diante de ataques de todos os lados, o Movimento Brasil Livre (MBL) arquivou, ao menos por ora, a ideia de se tornar um partido político independente. 

ACABOU. Animado pela eleição de 2018, o MBL apostou nos últimos anos em sua formação de líderes e na elaboração de uma linha ideológica clara para chamar de sua. 

BOMBOU. O início da pré-venda do livro de Guilherme Boulos (PSOL), “Sem Medo do Futuro”, pela editora Contra Corrente, na sexta-feira, 18, teve uma compra a cada dois minutos na primeira hora da operação.

AINDA LEMBRO DE VOCÊ. No ninho tucano, há uma ala ainda torcendo o nariz para a entrada da deputada federal Joice Hasselmann (União-SP). O motivo são os ataques feitos por ela ao ex-prefeito de São Paulo Bruno Covas durante as eleições municipais de 2020, quando eles eram adversários. Covas morreu no ano passado.

ESQUECE. “Essa mágoa já foi superada. Eu e Bruno éramos parceiros, tanto que o apoiei no 2.º turno. Quem está nessa onda, não sabe o que está falando”, rebateu Joice à Coluna.

AQUI NÃO. Pelo mesmo motivo, ataques antigos a Covas, no entanto, a executiva do PSDB em São Paulo recebeu um pedido de impugnação da filiação de Diogo da Luz, que concorreu ao Senado em 2018 pelo partido Novo. A solicitação ainda será analisada pelo partido. Qualquer filiado pode pedir a impugnação.

CLICK. Rodrigo Pacheco, presidente do Senado (PSD-MG)

Pedro Gontijo/ Presidência Senado Federal: o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em visita ao Paraná

Em visita à Curitiba (PR), o presidente do Senado fez uma visita à Arena da Baixada, a convite do presidente do Athletico Paranaense.

XÔ, SOFRÊNCIA! Após o fim melancólico do casamento do Podemos com o MBL e a estagnação das pesquisas, aliados apostam em um novo fôlego para a pré-campanha de Moro com agendas de impacto.

ROLÊ. Moro viaja à Alemanha para falar de investimentos e relações bilaterais com o Brasil. Ele fará reuniões com empresários da BVMW, que reúne 55 mil pequenas e médias empresas alemãs, responsáveis por 47% do PIB do país.

SINAIS PARTICULARES (por Kleber Sales). Sergio Moro, presidenciável do Podemos.

PRONTO, FALEI. Jhonatan de Jesus, deputado federal (Republicanos)

MCHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS

“Decisão do  STF em suspender o  Telegram mostra  necessidade premente de votarmos o  PL das fake news, de preferência a tempo  para as próximas eleições”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.