Aras diz a senadores que apoio à prisão após 2ª instância pode ser ‘divisor de águas’

Aras diz a senadores que apoio à prisão após 2ª instância pode ser ‘divisor de águas’

Marianna Holanda

05 de novembro de 2019 | 18h40

Muda Senado entrega carta em favor da prisão em segunda instância ao procurador-Geral da República, Augusto Aras. Foto: Divulgação/Gabinete Marcos do Val

Os parlamentares do grupo Muda Senado foram nesta terça-feira, 5, levar ao procurador-geral da República, Augusto Aras, uma carta assinada por 42 senadores a favor da prisao apos segunda instancia.

Ao receber o texto, que é de iniciativa do senador Lasier Martins (Podemos-RS), Aras disse que isso pode influenciar o julgamento do STF sobre a questão: “Divisor de águas”.

O recado do texto, na leitura de Aras, é que a maior parte do Senado apoia e vai dar seguimento à prisão após segunda instancia, a despeito da decisão do STF – que, ao que tudo indica, será por mudar o entendimento.

No final da tarde, os senadores têm audiência marcada com o presidente ds Corte, Dias Toffoli, para também entregar a carta. Ele é considerado o voto de minerva no julgamento, que deve ser concluído nesta semana.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: