Após polêmica por apoio a tucano em SP, PT quer deputados ‘se abstendo’ de expor divergências

Após polêmica por apoio a tucano em SP, PT quer deputados ‘se abstendo’ de expor divergências

.

Luiza Pollo

15 Março 2017 | 07h15

Foto: Paulo Pinto/Estadão

Foto: Paulo Pinto/Estadão

O diretório estadual do PT colocou um ponto final na briga interna em torno do apoio ao tucano Cauê Macris para a presidência da Assembleia Legislativa. Em documento, determina que a bancada estadual deve “se abster de tratar publicamente suas divergências”.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

PT