Após batalha com o PTB, Luísa Canziani se filia ao PSD

Após batalha com o PTB, Luísa Canziani se filia ao PSD

Camila Turtelli

11 de março de 2022 | 17h15

A deputada federal Luísa Canziani, que trocará o PTB pelo PSD. Foto: Divulgação/Câmara

A deputada federal Luísa Canziani (PR) assina a filiação ao PSD neste sábado, 12, em um ato em Curitiba (PR). Ela chega ao partido de Gilberto Kassab depois de uma longa batalha com o ex-presidente do PTB, Roberto Jefferson.

Jefferson chegou a afirmar que havia expulsado Luísa do partido e a acusou de ter gravado uma reunião de deputados com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, para tratar sobre homeschooling, projeto do qual ela é relatora.

“Gravar secretamente um ministro de Estado é uma falta gravíssima. Essa turma que veio do jovairismo não tem limites. Reprovamos a conduta da deputada Luísa Canziani, que está expulsa do PTB”, escreveu Jefferson no Twitter, na época. A expulsão, no entanto, nunca chegou a acontecer.

Luísa sempre negou a acusação e chegou a receber apoio da bancada feminina no caso. Ela entrou com um pedido de desfiliação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas não teve resposta até a janela partidária.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), devem participar da cerimônia de filiação da deputada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.