Apoio do PSD à Rodrigo Maia marca reconciliação entre grupos

Apoio do PSD à Rodrigo Maia marca reconciliação entre grupos

.

Luiza Pollo

13 de janeiro de 2017 | 05h15

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

Praticamente fechado, o acordo do comando do PSD e dos aliados do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), apoiando a reeleição de Rodrigo Maia, marca a reconciliação desses dois grupos.

Em março de 2011, o atual presidente do PSD, o ministro das Comunicações Gilberto Kassab, comandou a debandada do DEM, presidido na época por Maia, para fundar o PSD. A desfiliação em massa, que incluiu Colombo e seus aliados, quase implodiu o DEM.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Rodrigo MaiaPSDDEMGilberto Kassab

Tendências: