Apesar de impasse, TCU não vai “melar” leniência da Odebrecht

Apesar de impasse, TCU não vai “melar” leniência da Odebrecht

Andreza Matais

11 Julho 2018 | 11h49

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai sinalizar hoje que não criará nenhum impedimento para o acordo de leniência assinado esta semana pela Odebrecht com a AGU e a CGU.

Apesar das divergências dos dois órgãos com o TCU, a Coluna apurou que os ministros entendem ter perdido o objeto o pedido de cautelar para suspender o acordo.

AGU e CGU quebraram acordo por escrito com o TCU de só assinar a leniência da Odebrecht mediante o aval da Corte de Contas. O fato deixou ministros do TCU irritados. Segundo um deles, contudo, o troco não virá agora. “Vamos responder no tempo certo. Se tiver problemas no acordo eles serão responsabilizados. Mas não vamos melar o acordo por causa da rasteira que nos deram”, avisa. (Andreza Matais)

LEIA MAIS: Ministro do TCU pede que leniência da Odebrecht seja discutida em sessão aberta

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadão