Apenas 3 dos 35 deputados do PSD, de Meirelles, registraram presença ontem

Apenas 3 dos 35 deputados do PSD, de Meirelles, registraram presença ontem

Coluna do Estadão

08 de outubro de 2016 | 07h15

Plenário vazio durante sessão desta terça-feira, 28 | Dida Sampaio/Estadão

Plenário vazio na Câmara | Dida Sampaio/Estadão

Nem o partido do ministro Henrique Meirelles, o PSD, ajudou a formar quórum na sessão de ontem na Câmara. Só três compareceram. Segundo o ministro de Governo, Geddel Vieira Lima, o líder do PSD, Rogério Rosso (DF) justificou a ausência por uma viagem a São Paulo.

Ontem, o governo não conseguiu colocar 51 deputados no plenário para abrir a sessão e garantir contagem de prazo para que a PEC do Teto possa ser votada já na segunda-feira. Em defesa da emenda, considerada prioridade do governo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fez pronunciamento em cadeia de rádio e TV.

Agora, o governo precisa quebrar o interstício em plenário para conseguir aprovar a emenda. O episódio enfraquece ainda mais o líder do governo na Casa, deputado André Moura (PSC-SE), responsável por reunir a base aliada de Temer e garantir o quórum. Ele só conseguiu a presença de 38 deputados.  A Coluna do Estadão revelou ontem, que a base de Temer está se rebelando por considerar que não é atendida nos pedidos por cargos.

lista deputados