Andreza Matais: Se Câmara der o aval para processar Temer, o jogo zera quando chegar ao STF

Luiza Pollo

13 de julho de 2017 | 19h37

Se o plenário da Câmara dos Deputados der aval para abertura de processo contra o presidente Michel Temer, caberá ao Supremo Tribunal Federal (STF) decidir se o caso será instalado. Os ministros da Corte partem do zero.  Vão novamente ouvir a defesa do presidente antes de qualquer deliberação. Um ministro disse à Coluna que o resultado da Câmara não influencia o plenário da Corte. Nas contas do Planalto, o placar no Supremo está dividido.