Aliados de Lula dizem ter chegado a acordo sobre como tratar reforma trabalhista

Aliados de Lula dizem ter chegado a acordo sobre como tratar reforma trabalhista

Coluna do Estadão

11 de junho de 2022 | 05h00

Integrantes dos partidos que compõem a aliança em torno de Luiz Inácio Lula da Silva creem que avançaram, anteontem, no impasse semântico sobre a reforma trabalhista – o PT quer usar a palavra revogar e o Solidariedade, revisar. 

Alckmin e Lula em evento que oficializou a aliança entre os dois ex-adversários para a disputa presidencial deste ano. Foto: Werther Santana/Estadão.

DICIONÁRIO. Agora, ambos, e o PSB, falam em uma nova reforma para “adequar” as leis trabalhistas à realidade, num pacto entre governo, trabalhadores e empresários. A sugestão foi das centrais sindicais e “aponta para frente, na linha do que o Lula sempre defendeu”, disse um petista.

SÓ MEU. O PSB decidiu preparar um documento com as suas próprias diretrizes para um eventual governo do PT, com colaborações do partido e de Geraldo Alckmin, candidato a vice de Lula. Pretende apresentá-las antes do fechamento do plano de governo de Lula, previsto para julho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.