Alexandre de Moraes recebe 50% a mais de manifestações que Edson Fachin

Alexandre de Moraes recebe 50% a mais de manifestações que Edson Fachin

Luiza Pollo

21 de fevereiro de 2017 | 12h02

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Polêmica, a sabatina do ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, para a vaga do Supremo Tribunal Federal já recebeu 1,2 mil manifestações no portal do Senado. O número é 50% maior do que a população enviou para sabatinar o ministro Edson Fachin, do STF, em maio de 2015. Relator do processo na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM) escolhe neste momento algumas questões para inquirir o ministro, inclusive, “como seria o posicionamento dele na atividade de segurança pública tendo em vista as funções que exerceu na carreira”.

Ao iniciar a apresentação, Alexandre agradeceu primeiramente a presença da mulher, a advogada Viviane Barci de Moraes, e explicou que os filhos acompanham a sessão de São Paulo. O ministro teria omitido, em duas declarações públicas de bens, uma empresa controlada por Vivi em São Paulo. (Naira Trindade)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.