Alcolumbre vai visitar praias do Nordeste afetadas por óleo como presidente em exercício

Alcolumbre vai visitar praias do Nordeste afetadas por óleo como presidente em exercício

Juliana Braga

21 de outubro de 2019 | 17h07

Manchas de óleo aparecem na praia de Carneiros, em Pernambuco Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/EFE

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, irá visitar as praias do Nordeste afetadas pelo derramamento de óleo na próxima quinta-feira, 24. Davi irá na condição de presidente da República em exercício, já que o presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, estarão em viagens internacionais.

A ideia é ir aos três Estados em situação mais crítica, acompanhado de parlamentares da região e de ministros de Estado. Ele encomendou um relatório para saber quais foram as regiões mais afetadas e, com base nele, prevê ir a Alagoas e Sergipe. O terceiro deve ser Pernambuco, mas ainda está sob análise.

A ida de Alcolumbre coincide com o momento em que governadores do Nordeste criticam a ineficácia das ações tomadas pelo governo federal. No último sábado, o governador da Bahia, Rui Costa, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, trocaram acusações no Twitter.

No domingo, 20, a Marinha fez a primeira coletiva de um ente federal sobre a situação nas praias — 48 dias após o primeiro registro. O almirante de esquadra Leonardo Puntel, afirmou que a União cobrirá os custos de Estados e municípios que trabalham para limpar a costa. (Juliana Braga)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: