Ala do PMDB mostra desconforto com silêncio do partido sobre Cabral

Ala do PMDB mostra desconforto com silêncio do partido sobre Cabral

.

Luiza Pollo

31 de janeiro de 2017 | 06h45

Sérgio cabral - divulgação
Dentro do PMDB, cresce o desconforto de uma ala com o silêncio da direção nacional do PMDB sobre as revelações da Lava Jato sobre Sérgio Cabral. “É uma autocomplacência com a corrupção”, critica o senador Roberto Requião.

Além disso, o ex-deputado Eduardo Cunha, mesmo preso, também segue sem ser incomodado pelo partido.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

PMDBSergio Cabral

Tendências: