AGU quer acesso a todos acordos de leniência entre MPF e JBS

Naira Trindade

09 de junho de 2017 | 17h45

Foto: AGU

 

A fim de desvendar se o acordo entre o Ministério Público Federal e a JBS ficou vantajoso para a companhia, a Advocacia-Geral da União entra na Justiça nesta sexta-feira, 9, para ter acesso a todos os termos do acordo de leniência de R$ 10,3 bilhões celebrado entre o MPF e a holding J&F, controladora da JBS. Por meio do pedido, a AGU quer verificar a metodologia usada no cálculo dos R$ 10,3 bilhões e se o valor resultou no efetivo ressarcimento do dano aos cofres públicos. A AGU desconfia que conta da delação pode ficar mais cara para os irmãos Batista.