AGU pede para STF adiar julgamento sobre decretos de armas

AGU pede para STF adiar julgamento sobre decretos de armas

Juliana Braga

25 de junho de 2019 | 16h43

Crédito: Wilson Pedrosa/Estadão

O ministro da Advocacia-Geral da União, André Mendonça, pediu para Supremo Tribunal Federal (STF) adiar o julgamento dos decretos do presidente Jair Bolsonaro sobre posse e porte de armas, previsto para esta quarta-feira, 26.

Desde maio, quando os dois decretos foram editados, o STF já recebeu cinco contestações. Assinam as ações os partidos Rede, PSOL e PSB.

Mendonça pediu o adiamento em função dos novos decretos assinados por Bolsonaro nesta terça-feira, 25, modificando os atos normativos anteriores, depois do início de negociações entre governo e Congresso.

O presidente do STF, Dias Toffoli, sinalizou a Mendonça concordância com o pedido. (Juliana Braga)

Tendências: