AGU é contra pagamento de indenização à ex-primeira-dama Marisa Letícia

AGU é contra pagamento de indenização à ex-primeira-dama Marisa Letícia

­Marisa processa a União por divulgação de áudios da Lava Jato nos quais xinga 'coxinhas'

Coluna do Estadão

26 de julho de 2016 | 07h15

Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

A Advocacia Geral da União (AGU) se posicionou contrária a pagamento de indenização à ex-primeira-dama Marisa Letícia, que alega ter sofrido “danos morais” com a divulgação de suas conversas pela Lava Jato, entre as quais a que xinga os “coxinhas”. Num dos trechos, Marisa manda os “coxinhas” que foram às ruas protestar contra o governo “enfiarem suas panelas no c…”.

Marisa, o filho dela, Fábio Luís Lula da Silva, e a nora, Renata Moreira, pedem R$ 100 mil cada um. À Justiça, a AGU defendeu a legalidade dos atos do juiz Sérgio Moro, que divulgou os áudios.

Os três tiveram as conversas interceptadas pela PF no inquérito que apura suposto recebimento de vantagens indevidas pelo ex-presidente Lula e familiares.

Mais conteúdo sobre:

Não pago