Advogado de Paulo Bernado diz que não vê motivos para prisão

-

Fábio Fabrini

23 de junho de 2016 | 08h51

O advogado do ex-ministro Paulo Bernardo, Rodrigo Mudrovitsch, disse que ainda não teve acesso aos documentos que embalsaram a prisão , mas adiantou que não vê motivos para a medida. “Desde o início das investigações, ele se colocou totalmente à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos”, afirmou.
Paulo Bernardo está em casa, em Brasília, e deverá ser transferido hoje de avião da PF para São Paulo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: