Adiamento da ‘eleição da incerteza’ pode favorecer o Centrão

Adiamento da ‘eleição da incerteza’ pode favorecer o Centrão

Coluna do Estadão

23 de junho de 2020 | 05h00

Ministro Luís Roberto Barroso. FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

A disputa eleitoral deste ano se transformou, definitivamente, na “eleição da incerteza”, como ela já vinha sendo chamada mesmo antes da pandemia. Há, porém, alguns consensos: 1) o adiamento das datas de votação deve ajudar a governabilidade no âmbito federal (Congresso e Executivo) porque o foco do mundo político no início do segundo semestre ainda tem de ser o enfrentamento da pandemia e as medidas econômicas de recuperação do País; 2) o Centrão, sempre ele, também tende a se dar bem, caso a votação final em dezembro, conforme proposta do presidente do TSE, Luís Roberto Barroso.

Na área. Se confirmada a aliança do Centrão com o governo Jair Bolsonaro (como tudo indica), o bloco parlamentar de centro-direita deve chegar ainda mais poderoso no final do ano, portanto, mais bem posicionado para ajudar seus candidatos nos municípios.

Risco. Em tese, as campanhas de curto período e pouca visibilidade favorecem quem já está no cargo. Porém, os prefeitos podem sofrer com desgastes da catástrofe sanitária. Quem pisar na bola no controle da covid-19 será cobrado.

Ensaio. Para a oposição a Jair Bolsonaro, a eleição servirá como um laboratório rumo a 2022, especialmente nos grandes centros: se houver aliança entre os partidos e ela for harmoniosa e, principalmente, vitoriosa, abre-se um caminho.

Pé… Em dezembro passado, o BNDES organizou evento sobre a urgência de avanços no saneamento do País e contou com a presença do deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), relator do Marco Legal do Saneamento, que foi aprovado na Câmara naquela altura.

…quente. Semana BNDES do Saneamento, que começou nesta segunda (22/6), terá Tasso Jereissati (PSDB-CE), relator do texto no Senado. A expectativa é de que seu texto seja aprovado nesta quarta-feira, dia de sua participação.

Iniciativa. A Frente Parlamentar Ambientalista debate amanhã o conceito de Green Recovery para o pós-pandemia no Brasil. O sociólogo da USP Ricardo Abramovay e Marina Grossi, do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, confirmaram presença.

Boa! Por causa das recentes invasões a hospitais, sob a desculpa de fiscalizar os tratamentos de pacientes com covid-19, o deputado Chico D’Angelo (PDT-RJ) apresentou projeto que torna a prática criminosa. A pena prevê multas e pode chegar a dois anos.

SINAIS PARTICULARES
Henrique Meirelles, secretário estadual da Fazenda de São Paulo

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Estilo. Henrique Meirelles foi escalado para liderar o plano de atração de investimentos internacionais do Estado no pós-pandemia. O secretário da Fazenda de São Paulo já está dando um trato no tradicional casacão estilo polar que usa para as longas viagens ao exterior.

Novo… Para não interromper os concorridos sorteios de moradias da CDHU paulista (os eventos arrastavam multidões a estádios) durante a pandemia, o secretário da Habitação de São Paulo, Flavio Amary, recorreu à internet.

…normal. Os sorteios eletrônicos para as primeiras cinco cidades (350 casas populares) serão transmitidos ao vivo no próximo dia 25, a partir das 9h, pelas redes sociais da Habitação, com auditoria independente. Serão realizados 126 sorteios eletrônicos de 12.759 unidades habitacionais para mais de cem cidades.

CLICK. Pré-candidato a prefeito de São Paulo, Filipe Sabará (Novo) foi a Heliópolis sábado passado. Estava acompanhado de Edson Japão, liderança comunitária.

BOMBOU NAS REDES!

Alessandro Molon. FOTO: LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS

Alessandro Molon, deputado federal (PSB-RJ): “Brasil e EUA são os únicos no mundo com mais de 1 milhão de infectados por coronavírus. Quando Bolsonaro vai começar a governar de verdade?”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E  MARIANA HAUBERT

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: