Acusação vai rejeitar ouvir Cardozo no lugar de Dilma em interrogatório

Acusação vai rejeitar ouvir Cardozo no lugar de Dilma em interrogatório

-

Luiza Pollo

01 de julho de 2016 | 06h15

Foto: Coluna do Estadão

Foto: Coluna do Estadão

A acusação da presidente afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment não vai aceitar que ela seja substituída pelo advogado José Eduardo Cardozo no interrogatório na Comissão Especial no Senado. Em 92, Fernando Collor não compareceu à Comissão e o colegiado se recusou a ouvir seu advogado.

Siga a Coluna do Estadão: 
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.