Achar que tem risco de golpe é menosprezar nossa democracia, diz Etchegoyen

Achar que tem risco de golpe é menosprezar nossa democracia, diz Etchegoyen

Marianna Holanda

05 de maio de 2020 | 11h19

EFE/Fernando Bizerra Jr.

Depois de Jair Bolsonaro ter dito, em manifestação em seu apoio, que as Forças Armadas estavam ao seu lado, militares correram para dizer “não vai ter golpe”. À Coluna, o ex-chefe do GSI de Michel Temer, general Sérgio Etchegoyen, disse:

“Achar que tem risco, a cada vez que tem generais reunidos, é menosprezar a nossa democracia. Cada vez que tem esse tipo de pensamento, estamos destruindo a democracia que nós construímos com tanto empenho”, afirmou. 

 Na véspera do ato, o presidente se reuniu com a alta cúpula militar, o que gerou certo alvoroço nas redes sociais.

“Com as todas as turbulências que passamos desde 2014, por que que a cada curva a gente tem que duvidar que não somos uma democracia confiável?”, completou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.