A meia hora da sessão, PT ainda sabatina candidatos

-

Pedro Venceslau

13 de julho de 2016 | 17h08

Orlando Silva. Foto: Dida Sampaio/AE

A poucas horas da sessão que decidirá o novo presidente da Câmara, a bancada do PT decidiu sabatinar os três candidatos de oposição ao governo Temer.  O primeiro foi Orlando Silva (PCdoB-SP), depois será Luiza Erundina (PSOL-SP) e, por fim, Marcelo Castro (PMDB-PI).

Orlando Silva (PCdoB-SP) se disse otimista após o bombardeio de perguntas, mas cobrou: “Sempre fomos leais ao PT. Chegou a hora do PT colaborar com um nome do PCdoB.”

Ele afirmou, ainda, que a aliança entre PCdoB, PDT e PT tem mais força que a candidatura do PMDB. O objetivo do deputado é derrotar, no segundo turno, o candidato Rogério Rosso (PSD), que, segundo ele, representa Eduardo Cunha.

O apoio a Orlando entre os petistas encontra resistência do presidente da sigla, Rui Falcão, que defende a candidatura de Marcelo Castro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.