A guerra pelo controle do microcrédito no Banco do Nordeste

A guerra pelo controle do microcrédito no Banco do Nordeste

Alberto Bombig e Matheus Lara

03 de outubro de 2021 | 05h00

Imediatamente após o anúncio da demissão de Romildo Rolim de sua presidência, o Banco do Nordeste (BNB) aprovou a abertura de licitação para a nova operação do Crediamigo, principal carteira de microcrédito da instituição financeira, controlada pelo governo federal. Os movimentos reforçam a ideia de que Rolim “embarreirava” o certame licitatório, o que acabava favorecendo a ONG Inec, responsável pelo Crediamigo desde os governos petistas. Jair Bolsonaro está convencido de que o poderoso programa continuava favorecendo Lula na região.

Captei… Como se sabe, Bolsonaro enfrenta dificuldades eleitorais no Nordeste. Por isso, o presidente ligou diretamente para Valdemar Costa Neto, comandante do PL, cobrando explicações sobre o contrato com a ONG, no valor de quase R$ 1 bi por ano.

…a mensagem. Costa Neto, responsável pela indicação de Rolim, cobrou publicamente a demissão de toda a diretoria do BNB.

Ligeiro. O novo presidente do banco, Anderson Possa, não perdeu tempo. Na sexta-feira, 1, determinou a abertura da licitação.

Atuação. O Instituto Nordeste Cidadania (Inec), ligado ao PT, opera desde 2003 (início do governo Lula) o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado na região Nordeste, MG, ES e DF. Crediamigo e Agroamigo entram nesse programa, um dos maiores da América do Sul.

CLICK. Em ato contra Bolsonaro que se propôs a ser “menos vermelho”, bandeira com trecho do hino foi destaque no caminhão de som com lideranças na Av. Paulista.

Foi… O deputado estadual Marcos Vieira (PSDB-SC) disse ter falado por telefone com o ex-senador e correligionário Paulo Bauer, que o questionou sobre ter colocado o diretório catarinense a favor da candidatura de Eduardo Leite nas prévias tucanas.

…assim. Ele garante ter recolhido assinaturas da maioria dos membros do diretório e botou panos quentes no “climão”. “O PSDB-SC tem um nome preferencial, mas respeitamos decisões individuais.”

Com… De saída do PSB, onde deixou de ser bem-vindo após seu voto pró-reforma da Previdência, o deputado Felipe Rigoni (ES) está encontrando seu novo espaço: longe da esquerda.

…os meus. Enquanto decide seu novo partido, Rigoni se associou ao Livres, movimento de renovação que defende os preceitos do liberalismo clássico. “Sempre fui liberal. Agora estou me colocando nos lugares corretos”, disse.

Vrum. A deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL-RS) apresentou representação ao MPF contra Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada durante suas “motociatas”.

Razões. A denúncia cita sete viagens em que o presidente se deslocou com o objetivo de participar dos atos a favor de seu próprio governo, sem convite oficial ou atividades que justificassem interesse público.

Diz aí. “É escandaloso que Bolsonaro desrespeite a legislação eleitoral sem nenhum constrangimento e ainda gaste dinheiro público dessa forma”, disse a deputada à Coluna.

Marcante. Fabiano Contarato recebeu palavras de solidariedade da esquerda à direita e até de aliados do governo após reagir a piadas homofóbicas do bolsonarista Otávio Fakhoury.

SINAIS PARTICULARES. Fabiano Contarato (Rede-ES), senador. Ilustração: Kleber Sales/Estadão

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E MATHEUS LARA

PRONTO, FALEI!

Rubinho Nunes (PSL), vereador de São Paulo

“Quando me perguntaram se eu iria no ato de 2 de outubro, eu questionei: ‘manifestação ou campanha antecipada do Lula?’”, sobre faixas pró-Lula nas ruas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.