“A democracia foi golpeada”, diz José Eduardo Cardozo

.

Daniel Carvalho

12 de maio de 2016 | 07h06

José Eduardo Cardozo, advogado-geral da União do governo Dilma Rousseff, disse que a democracia “foi golpeada” na manhã desta quinta-feira, 12, com a aprovação do afastamento da petista da Presidência da República no processo de impeachment. A decisão foi tomada por 55 votos a 22 no início da manhã.

“É um momento triste da história, um momento que será registrado como uma  ruptura institucional, uma Constituição que lutamos tanto para ter. É um momento que eu acho que a história registrará como um dos momentos mais tristes da democracia brasileira, um momento em que a democracia foi golpeada”, afirmou Cardozo.

Mais conteúdo sobre:

impeachment