Para Haddad, confusão com Mourão não muda o fato do general apoiar a ditadura

Victoria Abel

23 de outubro de 2018 | 17h14

O candidato à Presidência pelo PT Fernando Haddad está em campanha no Rio de Janeiro nesta terça-feira, 23. No início da tarde, o candidato se reuniu com congregações de igrejas evangélicas em Copacabana.

Haddad comentou a afirmação falsa sobre o vice de Bolsonaro, Hamilton Mourão ter sido torturador. Haddad também fez declarações sobre uma suposta fala de Eduardo Bolsonaro com relação a derrubada do governo Maduro. Veja o vídeo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.