Vivo deixa clientes sem internet rápida em SP

Marcelo Moreira

24 de dezembro de 2009 | 16h01

LUCIELE VELLUTO – JORNAL DA TARDE

Os assinantes do serviço de internet sem fio 3G da Vivo ficaram sem serviço na manhã de ontem em alguns pontos da Capital e Grande São Paulo. O problema afetou tanto quem tentou acessar a rede pelo celular ou utilizando o modem da operadora de telefonia móvel.

A operadora confirmou que o problema no sistema do 3G começou na noite de anteontem e que foi solucionado no final da manhã de ontem, mas não detalhou o que ocasionou a falta de serviços em pontos localizados de São Paulo e cidade do entorno.

Na última terça-feira foi a vez dos clientes da Claro ficarem mais de três horas sem o serviço de telefonia móvel por causa do rompimento de cabos de fibra ótica da Embratel.

De acordo com a empresa, apenas os consumidores corporativos foram afetados, mas usuários particulares também reclamaram de problemas no serviço da operadora.

Nesse caso, a Claro e a Embratel foram notificadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), já que o número de reclamações para o órgão regulador foi grande. No caso da Vivo, a reportagem não obteve resposta da Anatel sobre o problema.

De acordo com o advogado especialista em defesa do consumidor e colunista do JT Josué Rios, se o consumidor conseguir provar danos econômicos, este poderá pedir o ressarcimento do prejuízo. “Se esse ficou sem trabalhar ou sem entregar um trabalho por falta do serviço, é possível pedir a reparação”, explica.

No caso de danos morais, o cliente das operadoras também poderá ser indenizado se comprovado o prejuízo. A ação pode ser movida no Juizado Especial Cível (ex-Pequenas Causas).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.