Unimed é condenada por negar cobertura no Ceará

Marcelo Moreira

05 de março de 2010 | 17h04

A Unimed foi sentenciada a pagar R$ 75 mil de indenização por danos morais a um cliente e disponibilizar mais R$ 15 mil, para custear um tratamento que, apesar de previsto no contrato de prestação de serviços, foi negado pela operadora. A decisão é do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).

Mais conteúdo sobre:

plano saúdeUnimed