Unimed é condenada por não autorizar atendimento

Marcelo Moreira

12 de março de 2010 | 22h45

A Unimed de Fortaleza (Ceará) terá de pagar indenização de R$ 3.800 por negar atendimento a uma cliente, usuária do plano de saúde desde 1989. Vítima de câncer, ela solicitou realização de um procedimento quimioterápico que não foi autorizado. A decisão é do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE).

Tudo o que sabemos sobre:

Unimed

Tendências: