Unilever é condenada por não informar glúten em sorvete

Marcelo Moreira

23 de outubro de 2011 | 16h16

A Unilever Brasil deve pagar R$ 500 mil de indenização, por danos morais coletivos, por não informar a existência de glúten em sorvete Kibon. O componente pode ser danoso à saúde de pessoas celíacas — com alergia do glúten. A determinação é da 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Cabe recurso.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoKibonUnilever

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.