Tome cuidado com ofertas de ‘queima de estoque’ do varejo

Marcelo Moreira

07 de janeiro de 2012 | 07h09

O consumidor ter cautela com as promoções do tipo “queima de estoque”, tradicionais nas grandes redes de lojas de varejo. A recomendação é do Procon-SP que, fez uma operação para acompanhar e fiscalizar essas promoções em 15 lojas visitadas na Capital, Presidente Prudente, Santos e São José dos Campos.

Foram autuadas 10 lojas das redes Magazine Luiza, Casas Bahia, Extra e Ponto Frio. “Essas promoções no início do ano já se tornaram históricas e o Procon-SP monitora essas ações para que os direitos do consumidor sejam preservados”, diz Carlos Coscarelli, diretor executivo em exercício do Procon-SP.

As principais irregularidades foram a ausência de atendimento preferencial aos idosos, produtos sem preço, preços diferentes para o mesmo produto, preço à vista e parcelado em dimensões diferentes, não agendamento de turno para montagem de produtos entregues e não entrega de produtos e falta de exemplar do CDC no estabelecimento. As lojas poderão receber multas que vão de R$ 400 a R$ 6 milhões.