Tenda é a construtora com queixas no Procon-SP

Marcelo Moreira

18 de maio de 2012 | 07h35

Saulo Luz

O grupo Tenda-Gafisa é o que tem mais reclamações registradas no Procon-SP neste ano até o dia 10 de maio, segundo levantamento divulgado pelo órgão. Foram 131 queixas no período. O ranking de construtoras mais reclamadas segue com PDG (57 reclamações), MRV (46), Nova Delhi (25), Atua (21), Capri (12), Cury Construtora (12), Living (11), Brookfield (9) e Trisul(8).

O Procon-SP recebeu em 2012 nos postos de atendimento 3.017 queixas, pedidos de orientação e esclarecimento de dúvidas sobre compra de imóveis. O principal problema alegado pelos consumidores é ó não cumprimento do contrato/proposta– em especial o atraso na entrega dos imóveis.

“As reclamações sobre atrasos na entrega estão aumentando e preocupam. Tentamos negociar solução com às construtoras, mas se isso não for possível as empresas são autuadas pelo abuso”, explica o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes.

Outras reclamações são dúvidas sobre cobranças de taxas que não são explicitadas, má qualidade da construção e dificuldade para devolução de sinal e outros valores pagos.

A MRV, em nota, minimiza az importância do ranking e diz que teve “46 reclamações em um universo de 10 mil clientes, o que significa que 0,0046% dos clientes tiveram algum problema”.

Já a Brookfield afirma que trabalha para atender as solicitações, o que possibilita manter o baixo número de reclamações. A Living “desconhece o ranking elaborado pelo Procon” e a Cury não se manifestou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.