Telefônica é condenada a indenizar mulher por débitos não reconhecidos

Marcelo Moreira

14 de agosto de 2009 | 22h30

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a Telefônica a indenizar uma mulher em R$ 5 mil por danos morais. Em 2003, ela teve os documentos furtados em Belo Horizonte e em 2008, ao fazer compras, soube da inclusão do seu nome no SPC referente a débitos feitos em cidades que nunca visitou.

Tendências: