Telefônica diz não receber mais queixas sobre Speedy

Marcelo Moreira

02 de julho de 2009 | 22h14

A Telefônica informou no início da noite desta quinta-feira, 2, que não recebia mais queixas de usuários sobre instabilidade na conexão à internet através do Speedy.

Mais cedo, problemas de instabilidade na rede voltaram a afetar os usuários do serviço, cuja venda de novas assinaturas está proibida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Em nota, a empresa afirmou que ainda “mantém equipes técnicas monitorando esta infraestrutura para atuar em eventuais novos casos de dificuldade de algum cliente ou grupo de clientes.”

“Este monitoramento ocorre sem prejuízo para as ações emergenciais que estão sendo executadas para aprimorar o funcionamento do serviço de banda larga”, acrescentou a Telefônica no comunicado. As medidas fazem parte do plano apresentado à Anatel na semana passada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.