Tarifa do gás encanado cai até 10% no Estado de SP

Marcelo Moreira

31 de maio de 2009 | 20h34

O preço do m³ do gás canalizado deve cair 10% em média nas residências atendidas pela Comgás. A nova tabela tarifária foi divulgada hoje no Diário Oficial do Estado e, para uma família de quatro pessoas que usa o fogão diariamente, a previsão é de redução de 8,5%.

A revisão tarifária do gás encanado é feita a cada cinco anos pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp).

A medida atinge todos os 700 mil consumidores da Comgás. A empresa concessionária teve os custos de distribuição e manutenção reduzidos em 9,8%.

De acordo com o diretor de gás canalizado da agência Zevi Kann, a revisão é resultado da queda de preços do petróleo e do dólar, já que o custo do m³ produzido é cotado na moeda norte-americana. “Também houve redução dos custos da distribuidora. A Comgás repassará o valor reduzido de forma integral”, afirma.

Na nova tabela de preços, o gasto de 20 m³, que é a média de uma família de quatro pessoas que tem apenas um ponto de gás para o fogão, a queda será de 8,5%.

Já para uma família de mesmo tamanho que usa o combustível no fogão e no aquecimento de água, o consumo médio está entre 34 m³ e 40 m³, custo que terá redução entre 9,5% a 10,2%.