Suspensão de cheque especial sem aviso prévio rende indenização

Marcelo Moreira

20 de janeiro de 2010 | 22h44

Um correntista do Banco de Brasília (BRB) vai ser indenizado em R$ 2 mil reais porque
o banco cortou sem aviso prévio seu cheque especial, ocasionando-lhe dívidas por conta dos cheques devolvidos, além de abalo moral. A sentença é do juiz da 4ª Vara da
Fazenda Pública do Tribunal do Distrito Federal (TJ-DFT).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.