Supermercado é condenado por falsa acusação de furto

Marcelo Moreira

28 de agosto de 2009 | 19h08

A rede de supermercados Sendas foi condenada a pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 6 mil, a um cliente que sofreu indevida acusação de furto e foi abordado de forma grosseira e vexatória. A decisão é do desembargador Celso Peres, da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Tendências: