Só 5 marcas colarão etiqueta de consumo em seus veículos

Marcelo Moreira

16 de abril de 2009 | 20h26

DO JORNAL DO CARRO – JORNAL DA TARDE

Apenas cinco das mais de trinta fabricantes de veículos que atuam no País aderiram ao Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular.

Lançado durante o Salão do Automóvel, em outubro do ano passado, a iniciativa prevê que os veículos tragam etiquetas, semelhantes às de geladeiras, por exemplo, indicando o consumo de combustível numa escala de A (menor) a E (maior).

São elas: Fiat, GM, Honda, Kia e Volkswagen.
O anúncio oficial será feito hoje pelo Inmetro, responsável pelo programa, e a Petrobrás, na sede da Fiesp). Também serão divulgados os modelos que integrarão essa primeira fase do programa.

Fontes ligadas às fabricantes afirmam que por enquanto serão incluídos apenas os modelos compactos das cinco marcas.

O projeto divide os veículos em três grupos: carros médios, grandes e especiais. Esta última inclui comerciais leves, de carga derivados de leves, fora de estrada e esportivos.

Segundo as mesmas fontes, o início da divulgação dos dados ainda não está certo. “Não colocaremos as etiquetas nos nossos carros”, afirma um executivo de uma das montadoras.

Os testes de consumo são feitos pelas fábricas, de acordo com padrões mais próximos aos da “vida real”, e enviados ao Inmetro, que coordena o programa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.