Serviço alerta contra cheques roubados

Marcelo Moreira

23 de maio de 2011 | 07h57

Carolina Marcelino

Pessoas que tiverem os cheques, cartões ou documentos, como RG e CPF, roubados contam agora com um serviço gratuito no qual podem cadastrar a ocorrência, informação que fica disponível para os lojistas e comerciantes de todo o País.

“Dessa maneira, o cliente evita que terceiros façam compras ou até abram contas em bancos com os seus dados”, explicou o superintendente da área de inovação e sustentabilidade da Boa Vista Serviços, empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema, Fernando Cosenza.

Cerca de 4 milhões de pessoas consultam o banco de dados da Boa Vista que é responsável pela administração do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Dessa maneira é possível ver se há algum problema com o cheque ou CPF do consumidor.

Para se prevenir o cliente deve entrar no site www.apoioaoconsumidor.com.br e clicar em “SOS- Cheques e Documentos”. A partir daí, basta preencher todas as informações. Após a confirmação por e-mail, o consumidor fica salvo de qualquer tipo de transação que seja feita sem a sua autorização. Mesmo assim, Cosenza alerta que o Boletim de Ocorrência deve ser feito para uma maior segurança.

O advogado especialista em defesa do consumidor e consultor do JT, Josué Rios, acredita que esse serviço dificulta ainda mais a ação de fraudadores. “O consumidor deve se precaver de todos os lados, iniciativas gratuitas como essa são sempre bem vindas”, afirma ele.

Operações não reconhecidas e abertura de contas com documentação falsas estão entre as 20 reclamações mais citadas no ranking de abril do Banco Central. E essa queixa permanece entre as com o maior número de ocorrências há mais de um ano.

“Esse serviço é uma forma efetiva de comunicarmos o mercado sobre o roubo ou furto de qualquer documento”, reforça o superintendente da Boa Vista.

Assim que a ocorrência for cadastrada, qualquer transação de compra que for feita utilizando o CPF do consumidor poderá sofrer algum tipo de intervenção, caso o comerciante recorra a esse serviço também, já que é uma operação de mão dupla. O consumidor cadastra o ocorrido e a empresa consulta o banco de dados para se assegurar.

Boletim de Ocorrência

O consumidor que estiver em uma situação como essa deve primeiro fazer um Boletim de Ocorrência na Polícia Militar pessoalmente ou via internet, pelo site www.ssp.sp.gov.br e abrir o link “Delegacia Eletrônica”. Com o número do Boletim em mãos, o cliente pode se cadastrar no banco de dados do SCPC. Para mais informações, o telefone da Boa Vista Serviços é o (11) 3244-3030.