Seguro de vida deve ficar até 15% mais barato

Marcelo Moreira

18 de março de 2010 | 22h38

Uma mudança na forma de medir a expectativa de vida da população vai permitir que os brasileiros paguem menos na hora de comprar seguros de vida. Por outro lado, os consumidores terão que contribuir por mais tempo em planos de previdência para manter o mesmo benefício.

A alteração, anunciada ontem pela Susep e pela FenaPrevi, deve baratear em 10% a 15% o preço do seguro de vida para homens e mulheres na casa dos 40 anos, segmento que mais consome esse tipo de produto.

Mais conteúdo sobre:

seguro de vida