Segurança virtual depende de internauta

crespoangela

07 Fevereiro 2007 | 16h51

Texto de Maíra Teixeira

A crescente utilização do serviço de internet banking traz ao consumidor internauta – além de conforto e agilidade – a necessidade de redobrar a atenção e ter mais responsabilidade para garantir segurança nas transações. Para fazer uma compra, checar extratos e contas bancárias virtuais o internauta tem de ter em mente que é preciso, antes de começar o processo, preparar o computador e ‘blindá-lo’ com sistemas de segurança (disponíveis gratuitamente, feitos a partir de downloads) para não ter problemas nem surpresas desagradáveis. Também é essencial não fornecer senhas e número de cartões a terceiros.