Seguradora é condenada por se recusar a indenizar incêndio

Marcelo Moreira

10 de outubro de 2008 | 23h59

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou uma seguradora a pagar indenização por lucros cessantes a uma empresa por se recusar a pagar a quantia fixada na apólice de seguro. A empresa havia solicitado o valor à seguradora depois que um incêndio causou a perda total de sua sede.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.