SDE suspende a exclusividade da Visanet

Marcelo Moreira

06 de agosto de 2009 | 23h56

DA AGÊNCIA ESTADO

Na mais dura decisão contra o setor de cartões de crédito tomada até agora, a Secretaria de Direito Econômico (SDE) determinou ontem que seja quebrado o contrato de exclusividade existente entre Visanet e Visa para o credenciamento de lojistas interessados em aceitar cartões com essa marca.

Após avaliar que há fortes indícios de que a relação entre as duas empresas cria efeito altamente negativo, a secretaria do Ministério da Justiça adotou medida preventiva que obriga as companhias a permitir a entrada de concorrentes.

A ação do governo tenta quebrar o modelo do setor de cartões no Brasil. Até agora, todo comerciante que quisesse, por exemplo, aceitar Visa tinha de obrigatoriamente procurar a Visanet.

Essa empresa estabelecia as condições do negócio, como taxa a ser paga em cada transação e o aluguel da máquina de leitura dos cartões. Não havia concorrência no credenciamento de varejistas com a Visa. Com pequenas diferenças, o mesmo sistema funcionava entre a Mastercard e a Redecard.

Tendências: